Todo ditador tormenta seu povo da mesma forma que sofreu na infância – Alice Miller.

10448239_654093248002859_4093744037237616655_nEm alguns veículos de informação, chamaram a Lei Menino Bernardo de fascista. Temos aqui para reflexão um trecho da psicanalista Alice Miller, que dedicou sua obra e pesquisapara entender o trauma na infância:

“Todo ditador tormenta seu povo da mesma forma que sofreu na infância. As humilhações infligidas a eles na idade adulta são insignificantes para influenciar suas ações, se comparadas às experiências sentimentais que eles tiveram no início de suas vidas.

A infância é um período vulnerável e importantíssimo de “formação” no sentido mais verdadeiro: neste período, o cérebro registra ou “codifica” as experiências vividas. E o adulto não é capaz (geralmente) de se lembrar dessas experiências de forma voluntária.

Esses ditadores, ao invés de lidar com seus sentimentos, buscam bodes expiatórios para vingar todo seu medo e ansiedade que vem desde a infância, sem precisar reviver esses medos”.

Texto na íntegra (em inglês): http://alice-miller.com/articles_en.php?lang=en&nid=47&grp=11

Alice Miller, psicanalista autora do livro “O Drama da Criança Bem Dotada – Como os pais podem formar (e deformar) a vida emocional dos filhos”, entre outros.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Alice Miller, Lei Menino Bernardo e marcado . Guardar link permanente.