Seu filho está chorando muito? Leia essas dicas!

1555275_599220246823493_11898404_n

Seu filho está chorando muito?

Sua fralda está limpa? Foi trocada recentemente?

Se sim, tente isso:

Pegue-o no colo, abrace-o, conforte-o (não se estraga ninguém dando colo). Embale-o gentilmente para lá e pra cá, enquanto canta uma canção suave. Ou cante uma canção bem alto, faça caretas.
(Toque, embalo, atenção, risos, música, conexão, são importantes para estabelecer um forte vínculo com seu filho)

Lembre-se: Crianças fazem boas escolhas quando elas conseguem!

O bebê ou a criança está se recusando a sentar no cadeirão ou carrinho de compras?

Sentar por muito tempo no mesmo lugar não é algo natural para eles.
Tente se colocar no lugar da criança.
Como você confortaria a si mesmo?

Evite ir às compras quando está com sono ou fome (ambos, você e seu filho);

Vista seu filho num sling;

Deixe-o escolher que carrinho de compras usar;

Traga uma companhia para andar com seu filho enquanto faz as compras;

Traga um brinquedo ou lanchinho que estimule suas mãos;

Seu filho está inconsolável no carro?

Pergunte ao seu filho – O que podemos fazer para você se sentir melhor?

Faça o passeio o mais curto possível; traga lanchinhos e brinquedos que deixem suas mãos ocupadas (macios, emborrachados, em relevo etc.);

Tenha um CD de música que seu filho gosta no carro;

Vá a pé, em vez de dirigir ao local;

Se ele está inconsolável, pare o carro e caminhe com seu filho, para tomar ar fresco;

Seu filho está tendo dificuldades em outras situações?

Pare, abaixe-se e olhe em seus olhos. Calmamente, tente resolver o problema.

Distraia-o com brincadeiras engraçadas;

Redirecione a situação – Diga algo como ‘Ei, venha me ajudar com isso?`

Ofereça alternativas – Dê ao seu filho a noção de que ele tem controle (mas certifique-se de que você está de acordo com as opções)

Pergunte – ‘E se fizermos isso juntos?`

Seja um solucionador de problemas – seu filho não tem habilidades ainda para resolver todos os problemas. NÃO o puna por isso. Procure entender qual é o problema e quais são as necessidades da criança.

Tente ficar calmo o máximo possível. Nunca grite, ameace, faça cara feia, levante a mão.

Fonte: Smile At Your Baby

Anúncios
Esse post foi publicado em Disciplina positiva /gentil, Textos traduzidos e marcado , , . Guardar link permanente.